PLANNING A TRIP: MADRID - Clothes Up

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

PLANNING A TRIP: MADRID

Já tenho dito pela página que eu e o Diogo vamos a Madrid.
Como é a primeira vez que vou viajar sem "adultos" que planeiam as coisas por mim, tenho de pensar em cada pormenor.

Esta rubrica nasce para me ajudar a planear e, ao mesmo tempo, para vos ajudar a vocês, se algum dia precisarem.

1º Passo: Escolher o destino

Este pode não ser o primeiro passo em algumas viagens mas, no nosso caso foi. Queríamos ir a um sítio barato onde nenhum de nós tivesse ido. 
Barato = Europa (muito provavelmente)
Sítios a excluir por já terem sido visitados pelo menos por um de nós: Londres e Barcelona

Começámos a ver Bruxelas, Amesterdão... Até que alguém sugeriu Madrid.



2º Passo: Escolher as datas

Nós queríamos ir em Fevereiro, perto do dia dos namorados e dos anos do Diogo mas essas datas são sempre mais caras. Decidimos adiar um bocadinho, deixar passar o fim de semana do dia dos namorados e a época de exames do Diogo e ir logo a seguir a isso.
Pensámos em ir de 18 a 21 de Fevereiro. Não era muito tempo mas era uma boa maneira de não gastarmos muito dinheiro.
É óbvio que as datas foram alteradas entretanto por causa dos preços dos voos.

3º Passo: Comprar os bilhetes

Foi aqui que demorámos mais tempo. Quisemos que o natal passasse para termos dinheiro.
Começámos a ver várias companhias e sites de venda de bilhetes low cost. A Momondo é uma treta. Revelou-se mais cara que tudo o resto. A Edreams estava bastante bem e os voos mais baratos eram os da EasyJet. Indo ao site da companhia a diferença de preços era pouquissimamas melhor pela própria EasyJet.
Entrámos em Janeiro e a EasyJet fez saldos mas por causa de uns problemas não conseguimos comprar durante os saldos, em que ida e volta ficavam a 35€ a cada.
Passado os saldos lá conseguimos comprar. Viajar de 18 a 21 estava caríssimo. Quase ao dobro do inicio. Perto dessas datas escolhemos os voos mais baratos e acabámos por comprar de 17 a 22 de Fevereiro por 41€ a cada.

4º Passo: Escolher onde ficar

Começámos por ver hostels, mas o mais barato eram sempre camaratas que separavam os homens das mulheres. Os quartos que eram privados ficavam a cima de 100€, o que faz sempre diferença.
Falámos e a solução foi Couchsurfing!
eu tinha um bocado a ideia errada de como funcionava, achava que as pessoas só ofereciam mesmo sofás mas não. Quartos privados e muitos deles até com casas de banho individuais.
Mandámos mensagem a umas quantas pessoas e quase ninguém respondeu. Começámos a ver o tempo a apertar... então enviei mensagem a toda a gente com casa perto do centro, sempre tendo em conta as caracteristicas da casa e da pessoa.
Fomos aceites. Temos estadia grátis!

5º Passo: Escolher o que visitar

Estamos a falhar muito nesta fase. Ainda não pensámos em quase nada. A nossa sorte é que um dos Couchsurfers nos aconselhou alguns sitios e o rapaz que nos vai receber já disse que nos mostra a cidade mas, mesmo assim temos de pensar onde ir.

 6º Passo: Escolher o que levar

Não vamos assim muito tempo nem podemos levar malas de porão, por isso, há que pensar bem no que levar pois não pode ser muita coisa.
Há também que ter em atenção que só se pode levar 1L de líquidos em embalagens de 100 ml ou menos, todas juntas num saco de plástico transparente com fecho.
Em relação a roupa, isso há-de vir noutro post!

 

Sem comentários:

Enviar um comentário