CONFESSIONS - ESTILO - Clothes Up

domingo, 22 de fevereiro de 2015

CONFESSIONS - ESTILO

Já andava a pensar fazer esta rubrica há algum tempo e pronto, é desta...
Vai ser uma rubrica ligeiramente random onde eu partilho coisas sobre mim, desde opiniões, a gostos, vontades, etc...

Para hoje, o tema é o meu estilo...

O meu estilo sempre foi muito casual-desportivo-confortável, ao ponto de a minha mãe dizer que eu me escondia nas roupas, principalmente nas sweats e casacos oversized, mas de há uns tempos para cá que eu ando a querer mudar de estilo, mudar a maneira como me visto, não só para parecer que tenho a idade que tenho mas também para me ir preparando para o futuro e ter roupa que dure, ou seja peças que se adaptem à vida profissional e à pessoal mas sem descorar o lado divertido e confortável...
Como devem saber ou pelo menos calcular, não é muito fácil mudar assim de estilo de um dia para o outro, ou se tem muito dinheiro e se renova completamente o guarda-roupa, ou se vai fazendo a coisa aos poucos e tentando ir conjugando os dois estilos, criando um assim mais nosso.

Eu sou muito de misturar mas o meu tradicional é tipo isto:


E digo-vos que isto já é uma evolução, porque antes quanto mais sweats melhor... Agora que tenho vindo a comprar, muito lentamente, algumas peças chave para ir de encontro com esta minha vontade, faltam-me algumas coisas importantes (e outras nem tanto, só por vaidade e gosto)...

Blazers lisos, preto que é essencial e outras cores para conjugar com coisinhas mais neutras. E todo o tipo de casacos desde um perfectto de cabedal a um blusão de ganga, passando por casacos mais irreverentes e com padrão. Nota: sonho, anseio e desejo o casaco amarelo com fechos para passar de blazer a cropped.

Há quem ache estranho eu gostar e querer já calças como as primeiras mas acho-as lindas e saõ daquelas coisas que dão sempre jeito. As últimas são as mais comuns no meu dia-a-dia e, consequentemente, mais fáceis de arranjar e conjugar agora com o que uso.

Ir adoptando blusas e camisas mas sem esquecer que tenho só 22 anos e que a diversão também se mostra na roupa!



Curtas, médias e comrpidas... Amo... Para mim era todos os dias

Mesmo não sendo grande coisa para looks mais profissionais, adorava poder trabalhar nuns tipo os primeiros, mais compridinhos e, ao mesmo tempo usá-los no meu dia-a-dia...

Admito que os vesridos era mais para abusar assim de um lado mais feminino ou até mesmo mais sexy.

Pronto, Cláudia Maria, quase nada disto dá assim para usar uma vida... mas são tão a minha cara

 Para terminar, malas cheias de cor. Desculpem mas preciso de cor na minha vida...

E pronto, aqui está a minha primeira confissão. Mudava de estilo. Pegava em grande parte do que tenho e trocava por tudo isto ou similares... São tão eu que nem sei

Sem comentários:

Enviar um comentário